30 abril 2013

Capítulo 5 - Cortes

| |




POV SeuNome

Cheguei na cozinha e avistei na mesma hora uma faca...Me veio na cabeça pegar ela e me cortar, pensei bem, mas acabei pegando a faca na mão, ela era bem grande, se eu me cortasse seria muito profundo, mas pior que eu estou eu não fico, mas e o Harry ele ficaria muito decepcionado, acabei me lembrando da primeira vez que me cortei, eu era criança tinha uns 9 anos e minha mãe tinha deixado uma faca grande em cima da mesa e eu acabei pegando ela e me cortando mesmo sem nenhuma explicação, apenas me cortei, fui parar no hospital pois cortei minha veia e eu sangrava muito. Depois de lembrar disso pensei bem antes de querer me cortar.
Passaram 10 minutos, sei que estou fazendo a escolha errada mas acho que  com isso eu me sentiria melhor, aconteceram coisas muito ruins comigo, primeiro aquele sonho, depois meus pais, ver eles naquela situação acabou comigo, sentei no chão com minhas pernas perto de meus braços e fui aproximando a faca ao meu braço e comecei com pequenos cortes, mas depois de vários cortes pequenos comecei a fazer cortes maiores, a cada corte eu chorava cada vez mais, percebi que aquilo não estava adiantando de nada, apenas estava sofrendo mais ainda e não melhorava nada, eu a cada corte lembrava dos meus pais e queria me cortar cada vez mais, parecia que estava virando um vicio mas rapidamente meu braço, minha mão, minhas pernas e o chão estava cheio de sangue eu comecei a ficar meio tonta pois meus braços estavam cortados e a única coisa que vi foi o Harry todo apavorado perto de mim e falando “S/N Pelo amor de Deus o que você fez?”. Depois disso lembro que ele me pegou no colo e eu desmaiei.

POV Harry

Enfim conseguimos dormir, fiquei muito abalado pelo que tinha acontecido com os pais da S/N, ela chorava muito e eu acabei chorando também, mas depois que deitei com ela na cama consegui pegar no sono mesmo todo preocupado vendo ela frágil e chorando baixo.
Quando acordei a S/N não estava na cama fui no banheiro e desci as escadas para procurar ela. Fui na sala e ela não estava lá, resolvi ir na cozinha.
Quando cheguei na cozinha vi a S/N com uma faca, sentada no chão e cheia de cortes, fiquei apavorado, umas lágrimas começaram a escorrer pelo meu rosto, corri até ela e a peguei no colo, em poucos segundos ela desmaiou nos meus braços. Fui até o banheiro e lavei os cortes dela, mesmo ela desacordada, acho que ela tinha perdido muito sangue por isso acabou desmaiando. Eu acabei chorando mais ainda enquanto limpava cada corte. Me senti culpado disso, pois se eu tivesse acordado um pouco mais cedo talvez isso não teria acontecido.Sequei minhas lágrimas e os braços dela. Troquei as roupas dela pois estava toda molhada de sangue. Deitei ela na cama, fui até a cozinha e limpei todo o sangue dela que estava no chão, depois subi para o quarto e fiquei do lado dela .Em nenhum momento eu dormi, fiquei com medo de dormir e ela acordar e fazer outra besteira.

Quando já eram 11:40 ela acordou.

Eu- Bom dia! – falei tentando animá-la
S/N- Bom dia. – ela falou sem ânimo, com pouco de vergonha.
Eu- O que foi S/N?
S/N- Harry me desculpa?
Eu- Mas amor, pelo que?
S/N- Para de ser bobo, estou pedindo desculpa pelo que eu fiz, sei que foi errado – eu a interrompi.
Eu- Amor, eu sei que está sendo difícil para você, mas me promete que não vai mais fazer isso?
S/N- Ok Harry, prometo. – ela falou sem ânimo.
Eu- Vamos amor, animação! –dei um beijo nela.
S/N- Acho que agora estou melhor! – ela riu.
Eu- Ah, só com o meu beijo pra você sorrir né? – comecei a dar vários beijos nela.

A cada beijo ela ia se animando e por fim estava um pouco melhor.

S/N- Amor obrigada – fiz cara de quem não entendeu – Seu lerdo! Estou falando obrigada por você estar aqui, comigo, me ajudando nesse momento tão difícil, me animando – eu sorri e demos mais um beijo – Amor beija meus cortes pra eles sararem mais rápido?
Eu- Ah Meu Deus que namorada mais fofa que eu tenho! Claro que eu beijo. – beijei todos os cortes, um por um, pelo menos ela ficou mais feliz.


S/N- Harry vamos visitar meus pais?
 Eu- Claro, mas não sei se pode. Me dá o numero do Hospital que eu ligo. –ela pegou o numero e eu liguei.

LIGAÇÃO ON

Recepcionista – Hospital XX bom dia! Com quem eu falo?
Eu- Bom dia! Você fala com Harry Styles, como é seu nome?
Recepcionista – Olá Harry, meu nome é Denise.
Eu- Oi Denise. Então eu gostaria de saber se eu posso visitar o casal que está no quarto 247 no 7º andar?
Denise- Só um momento que vou verificar.
Passaram uns 3 minutos e ela começou a falar.
Denise- Então Harry esse casal do 247, pelo que eu verifiquei está em Coma e não podem receber visitas pela manhã.
Eu- Mesmo sendo a filha deles que vai visitá-los?
Denise- Infelizmente não! Só podem receber visitas das 14 horas até as 17 horas, de segunda-feira até sexta-feira e de final de semana das 11 horas até as 18 horas.
Eu- Ok Denise, muito obrigada! Tchau.
Denise- Por nada! – desliguei o telefone.

LIGAÇÃO OF

Eu- Então Anjo só pode fazer visitas na semana das 14 horas até as 17 horas e de final de semana das 11 horas até as 18 horas. Mas ainda hoje a gente vai, já que faltamos mesmo.
S/N- Ah que pena –vi ela soltando uma lágrima
Eu- Amor, não chora, vai dar tudo certo. De tarde a gente vai – Ela sorriu forçado e encostou a cabeça dela no meu ombro. – Vamos amor não fica triste! – comecei a beijar ela de novo.
S/N- Ahh ok pronto já estou feliz!- ela foi se soltando de mim, até que já estávamos separados– Não pera – ela falou e começou a me agarrar de novo, meu Deus amo de mais essa menina.

Ficamos ali no quarto se agarrando por um bom tempo.
Amores espero que gostem, o próximo capitulo vai ser um pouco tenso! Comentem :)
Beijos da Bia >.<

2 comentários:

  1. Continua!!!! Se não eu vou ter um Heart Attack- xoxo Meline

    ResponderExcluir